domingo, 9 de outubro de 2011

Flerte

Mansos cabelos cumpridos,
tens a força divina da primavera
ao primeiro emergir no mar de rosas.

quando teimas não passar,
minha poesia
vira

prosa.

3 comentários:

  1. E o dia nem acontece, né?

    Que bonito!

    ;)

    ResponderExcluir
  2. Rogo para que ela passe.
    Saudade, doce poeta!

    ResponderExcluir
  3. De novo. AH CARA, QUE LINDO!
    hahaha. assim voce me desbanca e eu fico sem o que dizer (ou comentar (?))

    ResponderExcluir