domingo, 31 de julho de 2011

Violeta

Profana o santuário,
me entrega a dose
destes teus cabelos
manchados de tinta.

Cada gota de orvalho
para que eu a prove.
difere-me dos seres
deste mundo de quinta.

http://violetalima.blogspot.com/

5 comentários:

  1. Saudades moreno... saudades do teu cheiro...

    Beijos em ti.

    ResponderExcluir
  2. Lírico e suntuoso! O sonho de todos nós: sermos diferidos dos seres de quinta!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Moreno,

    Como faço para te ouvir cantar?

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,poeta menino!! Depois de ler suas belas emoções e o comentário do seu leitor Angelo, só me resta dizer: "Francisco Nery, le poète de l'espace".
    Francisco, você não imagina, não mesmo, acredite, o quanto a-do-rei seu comentário,o quanto ele complementou meu post. Eu diria que ele não complementou. Ele é um outro post ,uma suite do meu. Muito inteligente e carregadinho de sensibilidade. Parabéns pelos lindos poemas e parabéns por essa sua alma linda. A leitura que você fez do meu post foi per-fei-ta. Muito, muito obrigada.

    Um beijo

    E.T. Esse mundo virtual tem dessas coisas,a gente se afasta, some, mas o carinho não, viu ? Voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir